EXPANSÃO: KNOW-HOW NO SEGMENTO TECNOLÓGICO TERAPÊUTICO

A empresa, que há 18 anos fabrica produtos que facilitam a vida de deficientes motores, estará presente na REA TECH 2007, a mais importante feira do setor

Sob o lema “Produzir Sorrisos”, a Expansão Laboratório de Tecnologia Terapêutica tem desenvolvido os melhores produtos tecnológicos voltados para pessoas portadoras de deficiência neuromotora. Com cerca de 240 projetos, dentre eles cadeiras de rodas e carrinhos completamente adaptáveis – que possibilitam maior aproveitamento e efeito terapêutico -, o objetivo principal da empresa é, desde 1988, proporcionar mais qualidade de vida ao deficiente com mobilidade reduzida.

A empresa produz também andadores especiais e órteses que auxiliam em inúmeras tarefas, sem falar nos kits mobiliários para estudo e lazer. Todos os produtos são personalizados de acordo com as necessidades dos pacientes. “Eles chegam a ficar quase uma hora na adaptação dos aparelhos, até que estejam totalmente adequados ao que cada caso exige”, afirma uma das fisioterapeutas da empresa, Viviane Silva, especializada em Medicina Comportamental pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

Os resultados desse trabalho renderam para a Expansão, e aos responsáveis dos projetos, prêmios referentes ao Concurso Nacional “Invento Brasileiro”, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo. E mais que uma referência no País, hoje a empresa exporta para toda a Europa, por meio de Portugal, seu país representante no continente, e possui o selo da Comunidade Européia – CE, além do TÜV, o selo alemão devido ao Clean Smile, um poderoso mecanismo de Led que ajuda a clarear os dentes de forma intensa.

Veja detalhes sobre o clean Smile aqui: https://dietasaude.club/clean-smile-sorrisos-brancos-com-clareamento-dentario-com-led/

DEPRESSÃO E STRESS: DOIS VILÕES PARA A SAÚDE

Tanto uma doença quanto à outra pode estar associada à falta de algum nutriente no organismo

A depressão é considerada uma doença invisível da qual, estima-se, cerca de 15 a 20% da população mundial em algum momento da vida tenha sofrido. Essa doença pode ser classificada como: física (por falta de nutrientes), mental ou espiritual. O tratamento ortomolecular tratará justamente o primeiro tipo de depressão, em que a pessoa apresenta alguma disfunção no organismo responsável por causar a doença.

O stress é outro distúrbio que chega às grandes metrópoles e é um grande gerador de doenças cardiovasculares. Cientistas da University College London estudaram 34 homens que sofreram ataques do coração ou dores agudas no peito causadas por stress e afirmam terem encontrado pistas importantes sobre como esse fenômeno pode provocar ataques cardíacos em indivíduos fragilizados. A pesquisa realizada concluiu que o stress pode elevar a pressão sangüínea por um período de longa duração, causando a liberação de altos níveis de plaquetas formadoras de coágulo, resultando em ataques do coração.

“Tanto a depressão quanto o stress são formas de o organismo dizer que ele está funcionando de maneira errada, que apresenta alguma disfunção. Se esta disfunção for corrigida, o paciente estará prevenindo doenças graves no futuro. A depressão, por exemplo, pode levar ao suicídio, enquanto o stress já é considerado como a grande causa de mortes por doenças do coração, como os ataques cardíacos”, explica o professor e médico ortomolecular Dr. Marcos Natividade.

A ausência de nutrientes se apresenta de quatro modos diferentes devido a:

1) stress quando a pessoa queima muitos nutrientes;

2) alimentação inadequada – o indivíduo só come doces, chocolates, sanduíches, e não busca os nutrientes corretos que estão no peixe, legumes, verduras;

3) falta de nutrientes adequados nos alimentos; e

4) má absorção dos nutrientes, o que é muito comum.Muitos pacientes depressivos e estressados sofrem de deficiências nutricionais, que podem ser de vitaminas, aminoácidos ou minerais. Assim, o stress gerado por problemas financeiros, uma grande perda, uma gravidez, tornam-se fatores ‘desencadeantes’ do processo depressivo. Ou seja, podemos até mesmo associar o stress como um mal que pode levar à depressão, mesmo que se tratem de doenças diferentes”, completa Dr. Marcos.

“O importante é descobrir as causas de ambas as disfunções, procurar adequar a alimentação do paciente para que os nutrientes necessários sejam repostos, e evitar as conseqüências, que podem ser muito graves”.

Serviço: AGENDAPALESTRANTE: professor e médico ortomolecular, Dr. Marcos NatividadeTEMA: Stress e Depressão – “Saiba como obter total controle através do tratamento com a medicina ortomolecular”

Serviço: DATA: 17 de maio de 2007, quinta-feira

LOCAL: Meliá Confort WTC Brooklin – Sala São PauloRua Heinrich Hertz, 14 – Brooklin NovoHORÁRIO: 19 horas

SAÚDE, 365 DIAS POR ANO

O exercício físico é importante para uma boa saúde e não pode depender das alterações climáticas

Apesar do final “oficial” do verão, o calor nem aparenta dar uma trégua. Mas, independente dos índices de temperatura, continuando o calor ou virando a temperatura para o tradicional friozinho paulistano, a saúde não pode ser esquecida. “Saúde não tem férias”, costuma afirmar o coordenador da Academia Emilie, professor José Eduardo China.

Segundo ele, os melhores benefícios que a atividade física promove são conquistados a médio e longo prazo. “Ao interromper o treinamento por alguns meses, a conquista do condicionamento físico acaba sendo interrompida também”, explica ele. E lembra que “ao retornar às atividades físicas, a pessoa terá um preparo similar ao apresentado no início do primeiro treino”. Exercitar-se em uma academia é não estar sujeito às condições de clima, uma vez que é uma atividade em local fechado, mas arejado e com todas as condições de temperatura que funcionam como auxílio para esses exercícios. A grande diferença da Academia Emilie – e boa dica para quem quer curtir um pouco mais das vantagens da estação mais quente do ano – são as aulas de surf, ministradas pelo professor Daniel Carvalho. Com piscina salinizada, os alunos nem precisam ir à praia para aprender a remar, a subir e a se manter em cima de uma prancha e além de tudo queimar aproximadamente 300 calorias. Este é um esporte que trabalha diversos músculos do corpo, além do desenvolvimento da importantíssima resistência cardiorrespiratória e vascular. As aulas podem ser freqüentadas por crianças, desde que saibam nadar.

Mas, a Academia Emilie não é apenas Surfe na piscina. Há outras modalidades para todos os gostos: musculação, ginástica, hidroginástica, natação e boxe. E, o mais importante, tudo para todas as idades, inclusive com horários e professores especializados para a “melhor idade” ou para o público infantil.

Duas nutricionistas também atendem os alunos da Academia, garantindo dicas e orientações sobre uma alimentação realmente sadia.

A Academia Emilie de Villeneuve foi inaugurada em 2002 e está situada na Rua Madre Emilie de Villeneuve, 331 – Vila Mascote, zona sul de São Paulo.

Fonte: Divulgação

PRORROGADAS INSCRIÇÕES PARA A II MOSTRA NACIONAL SAÚDE E PREVENÇÃO NAS ESCOLAS

As inscrições de trabalhos e solicitação de bolsas para a II Mostra Nacional Saúde e Prevenção nas Escolas foram prorrogadas até 13 de abril. Poderão se inscrever escolas com experiências bem-sucedidas em educação preventiva e em integração com os serviços de saúde. A Mostra será realizada em Brasília, na Universidade de Brasília, de 1º a 3 de junho. As inscrições e solicitações de bolsas podem ser feitas no site www.aids.gov.br/mostraspe2007. Os trabalhos selecionados serão divulgados no dia 4 de maio neste mesmo site.

Os participantes que enviarem trabalhos poderão concorrer a 100 bolsas para custear deslocamento, hospedagem e alimentação. A concessão de bolsas priorizará os trabalhos aprovados na modalidade oral e será julgada por um comitê, de acordo com os critérios especificados no site. Somente será contemplado com bolsa um único autor ou co-autor por trabalho aprovado.

Assim como a inscrição dos trabalhos, o prazo para a solicitação de bolsas encerra-se em 13 de abril e a divulgação dos resultados será no dia 4 de maio.

São nove os eixos temáticos para apresentação dos trabalhos: Gestão Integrada entre Saúde e Educação; Saúde Sexual e Saúde Reprodutiva; Prevenção das DST e Aids; Diversidade sexual; Relações de gênero; Raça e etnia; Direitos humanos; Acesso a insumos de prevenção; Cooperação internacional; Participação juvenil; Crianças e adolescentes vivendo com HIV/Aids (Prevenção Posithiva); Populações vulneráveis; Institucionalização do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas e Avaliação e Monitoramento.

A II Mostra consolida o Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE) e abre espaço para a troca de experiências das diferentes iniciativas de educação preventiva nas escolas coordenadas por estados e municípios; confirmando-se como um espaço permanente de discussão e produção de conhecimento em âmbito nacional. Serão realizadas conferências, fórum, painéis, oficinas, comunicações coordenadas e atividades culturais e artísticas nos eixos temáticos trabalhados pelo SPE.

APNÉIA E RONCO TÊM SOLUÇÃODr. Eduardo Rollo Duarte desenvolve placa em pesquisa pela USP com apoio da FAPESP voltada aos distúrbios do sono

O ronco e a apnéia do sono são distúrbios respiratórios do sono, que atingem pelo menos 6% da população adulta, podem ter uma nova solução. Em sua pesquisa de Doutorado pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, o dentista Dr. Eduardo Rollo Duarte, desenvolveu, com o apoio da FAPESP, uma placa intra-oral – espécie de prótese móvel que se prende aos maxilares, usada para dormir – e comprovou sua eficácia em pacientes que sofrem de desses distúrbios.

A pesquisa contou com 15 pacientes que realizaram o exame do sono antes do tratamento e repetiram esse exame já com a placa desenvolvida para comparação dos resultados. Os resultados mostraram que a placa intra-oral reduziu os índices de apnéia do sono em média 77,9% índice considerado altamente significativo. A redução das apnéias ocorreu acima de 50% em 14 dos pacientes (93%). Também ocorreram melhoras significativas na sonolência diurna excessiva, no número de despertares transitórios do sono e nos níveis da menor saturação da oxigenação sangüínea, o que gerou melhora na qualidade do sono.

Por meio de radiografias digitalizadas, a pesquisa mostrou ainda que a placa provoca um aumento significativo nas dimensões da via aérea superior, e, portanto, isso foi considerado um dos mecanismos de atuação da placa na região da faringe.